Viver apenas com a aposentadoria

Neste dia 24 de janeiro celebra-se o Dia dos Aposentados (a propósito, veja quais são as próximas datas comemorativas de 2012). Meu pai faz parte deste time, cada vez maior num país que, infelizmente, não está preparado para abraçar todos os gêneros e grupos, muito menos os cidadãos acima dos 60 anos. De qualquer forma, a figura do “tiozinho na praça” mudou completamente: seja para manter a cabeça em ordem ou por uma questão de sobrevivência, aposentado trabalha bastante.

O que, convenhamos, é um absurdo. Aposentar, em princípio, significa descansar e aproveitar nossa melhor idade após um longo período de trabalho, impostos e recolhimento de parte dos ganhos para o INSS. Hoje, esse público é um dos alvos preferidos daquelas campanhas vagabundas de bancos safados: “aposentado ou pensionista pode pegar dinheiro emprestado com facilidade e sem burocracia, com desconto direto na folha”. Atenção a estas roubadas!

Antes do dia… – Se você ainda estiver longe de parar, considere a possibilidade de fazer um plano de previdência privada (os famigerados PGBL ou VGBL), que tem como missão básica garantir-lhe um salário extra, além dos minguados depósitos da previdência oficial, para curtir a vida. Costumo chamar essa conta de “meu dinheiro dos remédios”. Caso não goste da ideia de pagar uma taxa de contribuição e carregamento para estes planos, consulte outro banco.

E o dia chegou… – Como você já está com tudo pronto para viajar pelo mundo, se enfiar num sítio ou casa na praia, entre outras opções saudáveis, aplique seu ordenado em uma caderneta de poupança ou um fundo de renda fixa, o que lhe garante acesso rápido ao dinheiro em caso de necessidade. Mais do que nunca, é o momento de fazer aquilo que, certamente, já fez durante toda a vida: um orçamento detalhado, direcionando gastos (como os malditos planos de saúde). Aproveite para pesquisar produtos e serviços especiais e com descontos para aposentados.

Agora, se lembrarmos que aposentadoria é entendida como “renda” pela Receita Federal, eu pergunto: aposentados comemoram mesmo esse dia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *