Vender roupas do Bom Retiro

Esses dias, tive uma surpresa em casa: sacolas cheias de roupas femininas. Quem as comprou garantiu que passou o dia fazendo ótimos negócios na José Paulino e arredores. Tudo bem, foram mais de R$ 600 em compras, mas o sorriso permanecia estampado no rosto.

“Você não entende. Se fosse comprar na minha cidade, pagaria o dobro, ou até mais. Aliás, isso me deu uma idéia genial: vou virar sacoleira, abrir minha butique e vender roupas do Bom Retiro! Vou enriquecer, ficar milionária, viajar pra Disney!”.

Bem vinda ao clube! Mulheres do Brasil inteiro visitam São Paulo diariamente. Para economizar, chegam de ônibus, muitas destas excursões baratas (nunca num ônibus intermunicipal ou avião). Enchem suas sacolas em ambientes como a tradicionalíssima “feira da madrugada”. Arriscam perder tudo em imprevistos diversos – e são nestes momentos que convém diferenciar um vendedor informal de um ilegal. Pense na possibilidade de se registrar como vendedor na associação comercial local. Muitas lojas, inclusive, só vendem em grandes quantidades se você tiver CNPJ.

Mas… E as vantagens? Ah, mulheres sabem as preferências das suas amigas, possuem olho clínico suficiente para comprar aquilo que suas potenciais compradoras gostam. Mas assim como na venda de cosméticos, convém não exagerar no início. Invista aos poucos, conheça realmente sua clientela. Por fim, peregrine um bocado nas lojas que trabalham por atacado. Especialmente no Brás, nas ruas Oriente, Maria Marcolina, Casimiro de Abreu, Silva Teles…

Quando sua butique abrir, me avise para conhecê-la, hein?

15 thoughts on “Vender roupas do Bom Retiro

  1. Bom dia meninas,

    Possuo uma confecção de moda feminina e masculina, no interior de São Paulo. Trabalho com roupas bonitas e preço baixo, quem tiver interesse contactar 15-9122-7411.

  2. Sou do interior de Minas Gerais e sempre vou a São Paulo fazer compras nessa região. Tenho uma pequena loja aqui em Uberaba e as roupas fazem bastante sucesso. Geralmente vou na sexta, fico hospedada no Normandie Design Hotel (que fica na Santa Efigênia), faço mais compras no sábado e volto para cá. Desejo sucesso a todas. Pesquisem bastante as lojas e negociem os preços.

  3. Para ser sacoleira tem que ter muita disposição, mas sou muito feliz com o que faço, tanto que estou na profissão há 5 anos. Gostei das dicas do blog e gostei também da dica da Maria Cecília, porque muitas vezes fico cansada. Seria bom ter um local para descansar, retomando as compras no dia seguinte, aliás, representa uma economia de custos, porque não preciso voltar para minha cidade. Vou procurar saber sobre o Normandie, já que fica na Santa Efigênia, fica perfeito para mim. Obrigada e continuem colocando boas dicas.

  4. Queria agradecer ao seu blog, fazia um tempo que eu estava procurando um hotel que fosse bom e barato, e que ficasse próximo do Brás de da 25. Vou sempre pra São Paulo fazer compras e começou a ficar inviável ir e voltar. Quando entrei e vi os comentários sobre o Hotel Normandie entrei no site, reservei e fui pra lá. Obrigada.

  5. Ainda não me hospedei no Normandie, mas minhas amigas que vão em outra excursão sempre vão para lá e dizem que é muito bom, principalmente o restaurante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *