Vencer uma compra em site de leilão

Repararam que as idéias que parecem geniais, em poucos instantes, se proliferam pela rede? Em 2009, a empresa alemã Swoopo lançou um site extremamente atraente, misturando comércio eletrônico a leilões. Como resultado, usuários pagam preços muito baixos por produtos de forte apelo, o que atrai consumidores de um jeito excitante e divertido.

Não demorou para que a mecânica do Swoopo chegasse ao Brasil: sites como Mukirana, Olho no Click e Looki funcionam de maneira idêntica: o usuário cadastrado se interessa por algum produto leiloado e tem a chance de dar lances – um clique que representa um acréscimo de poucos centavos no preço final. Se nenhum outro usuário der um lance ao final do processo, o último a dar o lance compra o produto. Parece tentador comprar eletrônicos com descontos que podem chegar a 90%, não?

Mas qual o truque? Simples. Nesses sites, é preciso comprar lances. O valor parece pequeno (em média R$ 1 por clique), mas só nos damos conta do impacto desse investimento ao perceber a quantidade comprada. Pense: descontando os cliques/lances obtidos em alguma ação promocional (cadastre-se e ganhe cinco lances; dê seu depoimento e ganhe três lances), para ter alguma chance de sucesso é preciso comprar alguns. Em linhas gerais, se um produto de R$ 1000 foi vendido a R$ 10, a empresa já conseguiu recuperar o dinheiro. Outro pulo do gato: ainda que o cronômetro indique o fim do leilão em alguns segundos, sempre que um usuário der lances nesse período, o relógio volta. Esse jogo pode levar horas até o último usuário desistir – o que abre brechas para desconfianças, afinal quem pode garantir que todos os participantes são consumidores, e não um funcionário ou um bot?

E dá para ganhar? Deve dar. De qualquer forma, quem quiser passar horas gastando em créditos e dando lances em busca de descontos, precisa se precaver: veja se o site é idôneo, transparente e se promete o que entrega – um bom termômetro é a quantidade de menções no Reclame Aqui. Feita a escolha do site e do produto, é bom ter uma calculadora ao lado e se organizar, com cuidado para não cair na arapuca do “lance custar baratinho”. Entre as empresas brasileiras, a loja Bidshop apresenta uma vantagem interessante: é possível reembolsar o valor investido nos lances em descontos para a compra dos produtos pelo preço de mercado – é importante frisar que estes sites são apenas intermediários, sem estoque ou logística, o que normalmente reflete no tempo de entrega.

Não vai demorar – se é que já não existe – algum “infoproduto” do tipo “monte seu site de leilão”…

5 thoughts on “Vencer uma compra em site de leilão

  1. Olá !!! Eu costuma participar de leiloes assim. Ja ganhei bastante coisa. O maximo q gastei em um produto foi R$ 30,00 e esses lances foram os q ganhei no site. Sempre compro credito, nao vejo nenhum problema, pois como se fosse varias pessoas juntando um dinheiro e sorteando com quem vai ficar com o produto.

    É bem legal e distrai bastante, o melhor passatempo q ja participei.

    Mas cada um tem seu ponto de vista.
    Nao estou condenando o seu, só um comentario.

    Até mais !!!

    Rubens !!!

    1. Rubens, também não condeno o sistema em si. Não dá para negar, evidentemente, que o passatempo é instigante. Como também é um jogo de pôquer ou uma noite no cassino. Meu comentário diz respeito a algo apresentado, na maioria das vezes, como uma loja inofensiva – o que não é verdade. Abraços!

  2. Estava acompanhando um site de leilões e ví um mesmo usuário dar tres lances seguidos com o tempo de 20 segundos, desconfiei, como uma pessoa pode dar tres lances com o tempo contando a sua favor?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *