Trabalhar com paixão

Em casa, na web, no escritório… Nada é mais prazeroso do que gostar extremamente do que se faz. Qualquer idiota que comece a fazer algo com o único intuito de “querer ganhar dinheiro” já começou com uma perspectiva: frustração à vista. Experimente perguntar a alguém que, num momento decisivo da vida, optou por trabalhar naquilo que garantia seu sustento apenas… Normalmente, é uma tristeza.

Mas nem quando estamos diante de algo relativamente simples, como escrever quatro parágrafos por dia sobre “ganhar dinheiro”? Pense de novo: existe realmente alguma possibilidade concreta dessa iniciativa ser responsável por alguns milhões? E outra: até quando terei prazer – ou pior, tempo! – para atualizar este blog?

Por que funciona? Pra começar, faz bem pra saúde conciliar qualquer atividade com um sorriso, uma sensação de bem estar. Provavelmente, no início, trabalhar com paixão não representa ganhos financeiros reais… Mas sua autoridade e dedicação serão recompensados graças à sua visibilidade e reputação. Ser lembrado e indicado por outras pessoas – muitas vezes um amigo de seu amigo – é a maneira mais comum de ganhar dinheiro fazendo aquilo que gosta.

E se eu quiser arriscar? Vá em frente. Procure por profissões que, notadamente, pagam bem: anestesista, cirurgião plástico, diretor financeiro, engenheiro de software, administrador… Pode ser que uma delas lhe apeteça, seja capaz de te fazer levantar da cama diariamente, com determinação… O mesmo se aplica ao truque barato do “blog monetizado”: autoridade podem funcionar para assuntos que você não domina, mas se a paixão não vier, o entusiasmo acaba em poucos dias.

Pense e me conte aqui: que tipo de coisa te faz trabalhar com entusiasmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *