Repetir a mesma idéia pela rede

Uma rápida observada pelas estatísticas de acesso revelam expressões recorrentes envolvendo negócios online e algumas “ondas”. “Montar site de PTC”, “criar site que vende pixels”, “script para site de leilões” ou “fazer e-commerce de infoprodutos” rendem visitantes diariamente. Não tenho certeza se todos estes potenciais empreendedores já se deram conta que alguns tipos de negócio online não duram para sempre…

Mas enfim. A nova onda é o “quero montar site de compras coletivas” Li em algum prestigioso site que já ultrapassamos os mil sites do gênero – e olha que só ouvi falar deles há poucos meses. A pergunta permanece: será mesmo que tem espaço pra toda essa turma?

Idéia genial: Já escrevi há alguns meses aqui: normalmente, apenas os primeiros desbravadores costumam se dar muito bem com suas criações brilhantes. Mas certamente não foi algo do dia pra noite: além do conceito propriamente dito, é preciso botar a mão na massa e sistematizar conhecimentos totalmente empíricos – quando algo é inédito, só se acerta mesmo na base da tentativa e erro.

Trabalho braçal: Então quanto os primeiros responsáveis por sites de compras coletivas investiram na idéia – softwares, equipamentos, relação com clientes e fornecedores, marketing, tudo aquilo que uma boa empresa precisa? Esse tipo de empreendimento possui chances de dar certo; o nível seguinte, baseado nos primeiros “infoprodutos” ao estilo “faça sucesso como eles e monte seu site igualzinho” não demanda tanto esforço assim… Até chegar ao ponto do mercado saturar, faltar cliente e empresa pra toda essa turma… Será mesmo que funciona?

Idéias requentadas, sem inovação e trabalho, valem tanto quanto um blog que escreve a mesma coisa que outros, mas usando palavras diferentes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *