Participar, de algum jeito, do BBB

A fórmula já é consagrada: um grupo de pessoas são confinadas por semanas numa casa com dezenas de câmeras e microfones espalhados, capazes de flagrar todos os movimentos e diálogos. Intrincados em futricas, conspirações e muita pressão, os participantes são eliminados um a um, até que o vencedor é agraciado por uma bolada. O formato do Big Brother, criado pela holandesa Endemol há mais de dez anos, chegou ao Brasil impactado com o sucesso da “genérica” Casa dos Artistas do Sílvio Santos…

Mas enfim, chegou ao seu 11º programa levando consigo a tradição de ser “o assunto nacional” até abril, deixando em segundo plano reality-shows como A Fazenda, Busão do Brasil, entre outros programas de qualidade discutível. Antes da estréia, sobram expectativas a respeito dos nomes. Além disso, fica aquela pergunta no ar: mesmo que não chegue ao prêmio, seria incrível se pudesse estar ali aos olhos de uma nação inteira, não?

Mas… Como entrar na casa? Nunca dá pra saber – a exceção foi na edição onde dois participantes entrariam por sorteio, após preencher um cupom de revista. Para 2011, o regulamento do programa diz: “a TV Globo poderá utilizar qualquer método na escolha dos participantes, a seu exclusivo critério, não se limitando aos candidatos inscritos, sem que seja devido qualquer tipo de explicação ou indenização”. Diz ainda que, ao menos quatro candidatos, podem ser escolhidos por uma equipe da emissora, independente de qualquer regulamento. O que talvez explique um número de dez concorrentes do eixo Rio-São Paulo…

E só dá pra participar assim? Faça uma busca e descubra a quantidade de blogs, portais, colunistas… Todos dispostos a passar 100 dias dedicados ao Big Brother Brasil, conversando com o Boninho no Twitter – ou ainda especulando sobre as fotos das gostosas, aos moldes de Thais, Cacau, Grazi, Juliana, Mariana, Fani, Natalia, Priscila, Maíra, Íris, Gyselle, Tessália… Entre outras que não precisariam sequer ganhar o prêmio final.

Enfim, já decidi: este ano, vou esperar pela Playboy da Talula.

2 thoughts on “Participar, de algum jeito, do BBB

  1. quero particpar somente pelo premio..e ter a chance de contar minha historia de vida k o mundo se surprende e atrair o publico..k sndo a globo ja um canal exclusivo e adora historia de pobre.roça etc entao to aki me despondo a enttrar se chamada agradecida..obrigaddo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *