Montar uma loja virtual

Esqueça, ao menos neste texto, qualquer tópico relacionado a idéias geniais, nichos de mercado, necessidades de consumidores… Vamos focar em um detalhe que costuma afastar muitos empreendedores da rede: acostumados com as boas e velhas vendas no balcão, olhando nos olhos dos clientes, acabam se complicando quando migram seu negócio para a Internet.

E aqui reforço um alerta que já escrevi há algum tempo: é ridicularmente absurda a estratégia que se vê por aí de compilar simples conhecimentos técnicos em arquivos PDF composto por textos copiados e colados da rede – os famigerados “infoprodutos”, oferecendo a você “formas baratas de montar sua própria loja virtual”…

Basicamente? Questões técnicas. Pensar num site, seja qual for a finalidade, começa com seu sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS). Comece navegando em sites que oferecem soluções, especialmente em código aberto. Sistemas de hospedagem conhecidos também oferecem soluções gratuitas, inclusive integradas com sistemas de pagamento – é o caso do UOL, que integra os pagamentos ao seu sistema de recebimentos, o PagSeguro.

E os sistemas pagos? Claro que, como qualquer outro serviço, muitos desenvolvedores oferecem soluções fechadas e manutenção do sistema, deixando o empreendedor livre para se dedicar ao seu próprio negócio. Mas cuidado: como boa parte das opções digitais, algumas delas representam boa dose de picaretagem. Atenção a propostas muito doidas como “crie agora mesmo sua loja virtual com desconto: de R$ 2000 por R$ 500″…

Engraçado… Ainda vejo com muito mais dificuldade o tipo de negócio, e não sua interface técnica…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *