Compras compartilhadas? RRSocial? Mmmhhh…

Sabem, a Internet está repleta de gente bem intencionada, com boas idéias para facilitar o acesso a sonhos. Mas, como a gente costuma ouvir em qualquer culto ou missa, “o caminho para o inferno é pavimentado com boas intenções”. É bem provável que o teólogo e corretor de imóveis paraibano Vanaldo de Assis Pires Lobo, até por seu discurso e presença social no Orkut, tenha o coração aberto para ajudar quem gostaria de comprar, sei lá, um netbook, uma televisão ou uma moto.

Com alguns cliques, identificamos a imobiliária do Vanaldo na cidade de Beberibe, Ceará, a 650km de João Pessoa. É a mesma cidade da RRSoluções, cujo CNPJ (09.442.606/0001-51) é, na realidade, de uma empresa do ramo alimentício, de Raimundo Pires Dias. Certamente os dois se conhecem e executam idéias juntos, já que o site RRSocial, espécie de “rede social com vantagens”, exibe o CNPJ de Raimundo, mas foi registrado na Internet por Vanaldo. A idéia é animadora: ali, você recebe para navegar. Outros tentáculos do grupo revelam uma prática conceituada por eles por “compra compartilhada” (SICC): você deposita uma parte do valor de um bem e, diante do depósito de outros usuários, você adquire um netbook (RRNetbook.com), televisão (RRTVs.com.br) e até motos (RRmotos.com).

Qual a mecânica? Simples. Você é convidado a pagar um valor para ter um endereço só seu – ou comprar o produto desejado. Mas para receber, será preciso convidar novos membros para fazer parte do sistema, ou melhor, comprar mais produtos. Tanto o RRSocial quanto a ferramenta de e-mail marketing (GNTmarketing.net) tentam mobilizar mais usuários – uma breve navegada pelo sistema revela uma profusão de usuários propagando links a sistemas bem parecidos, que prometem dinheiro rápido ou ofertas inacreditáveis…

E funciona? Bom, o Ronaldo, um dos usuários, registrou aqui uma mensagem sobre sua insatisfação. Certamente muita gente se envolve, acreditando na bondade humana e na confiança de pessoas que, pelo bem comum da amizade, empenham alguns reais suados nestes esquemas. Agora, diante da possibilidade de amizades, depoimentos espalhados por aí… São poucos os que percebem a lógica perversa dos níveis: se um produto custa R$ 1500, preciso de dez pessoas pagando R$ 150 para garantir o meu… Para atingir o décimo nível, o primeiro precisa de dois, cada dois precisam de mais dois… Vai ser preciso mil pessoas para garantir um… E pra cada um desses mil, mais mil… Faz sentido isso?

Bom, os nomes de quem inventou especificamente este sistema você já sabe. Pode perguntar a eles, não?

One thought on “Compras compartilhadas? RRSocial? Mmmhhh…

  1. eu mesmo cai neste golpe, vi muitos adquirindo os notebooks e televisores que acabei comprando uma posiçao do notebook e duas das tvs e ate hj estou sem receber, e agora fiquei sabendo que o sistema saiu fora do ar. oh como me arrependo de ter investido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *